De acordo com pesquisa, maioria dos holandeses quer continuar a trabalhar a partir de casa após a crise

De acordo com pesquisa, maioria dos holandeses quer continuar a trabalhar a partir de casa após a crise

O “home office” que vem sendo adotado em detrimento do trabalho nos escritórios por conta da pandemia tem feito sucesso entre a população dos Países Baixos de acordo com os resultados de uma pesquisa realizada pela ANWB, divulgados hoje pela RTL Nieuws.

O estudo, preparado através de uma entrevista com cerca de 2.000 pessoas, mostra que apenas 21% dos trabalhadores demonstra querer voltar a trabalhar a partir do escritório durante todo o período trabalhado, enquanto 67% respondeu que deseja trabalhar a partir de casa de duas a três dias por semana após a crise.

A ANWB, que é uma associação de viajantes dos Países Baixos e responsável pela sinalização nas estradas do país, sugere que os empregadores desenvolvam uma política específica para o trabalho a partir de casa. O órgão acredita que, dessa forma, o tráfego de veículos pode ser reduzido de forma significativa, diminuindo engarrafamentos nos grandes centros.

O desenvolvimento de políticas específicas para o “home office” também é importante para os trabalhadores, de acordo com a mesma pesquisa, que mostra que 71% dos respondentes disseram que sua decisão sobre preferir trabalhar a partir do escritório ou de casa depende da política da empresa.

 

Texto: Lucas Sobral

Foto: Piqsels

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Você pode gostar:

Olá Holanda

Olá Holanda

Guia Comercial do Brasileiro na Holanda. Dicas e Notícias diárias dos Países Baixos.
Pergunta? Sugestão? Fale com a gente!

Newsletter

Faça parte da maior comunidade brasileira da Holanda.